Top 10 franquias de filmes de ação de maior bilheteria

Agamortis
Agamortis
filmes de ação de maior bilheteria

Desde os primórdios do cinema, os filmes de ação têm sido um grande negócio, onde acrobacias ousadas e cenas de combate intensas se tornaram uma marca registrada do entretenimento. Das aventuras alucinantes das estrelas do cinema mudo aos blockbusters explosivos de hoje, os filmes de ação têm atraído consistentemente grandes multidões em busca de emoções e emoção. Faz todo o sentido, então, que uma grande porcentagem das franquias de filmes mais bem-sucedidas e duradouras do mundo se enquadre no gênero de ação.

Da energia implacável da série Velozes e Furiosos a sagas de super-heróis como a série Vingadores, essas franquias quebraram recordes e aceleraram marcos passados para se tornarem o maior ganho de todos os tempos, com base em números brutos mundiais nas bilheterias.

Embora ainda seja tecnicamente uma franquia, o Universo Cinematográfico Marvel, como um todo, ficou de fora da lista. Como é tão amplo, expansivo e complexo, pegamos franquias de filmes individuais dentro dele (como Homem de Ferro, Guardiões da Galáxia ou Os Vingadores) e consideramos aqueles para inclusão na lista. No entanto, se incluirmos todo o MCU, estima-se que seu lucro bruto acumulado seja de astronômicos US$ 29,62 bilhões, o que o colocaria anos-luz à frente da concorrência.

Aqui estão as 10 franquias de filmes de ação de maior bilheteria já feitas.

10 – Avatar (2009-presente) — US$ 5,24 bilhões

Avatar 2009 presente

Dirigido por James Cameron e lançado em 2009, o primeiro Avatar é um inovador filme de ação e ficção científica ambientado na lua alienígena Pandora. Conhecido por seus efeitos visuais impressionantes e experiência imersiva em 3D, o filme se tornou o mais popular de todos os tempos e motivou planos para uma franquia, com várias sequências anunciadas.

Depois de mais de uma década, Avatar: The Way of Water foi finalmente lançado em 2022, e levou os espectadores a novas e emocionantes regiões de Pandora. Cameron tem planos ambiciosos para a franquia, com várias sequências em andamento que visam ultrapassar os limites tecnológicos e trazer ao público experiências narrativas imersivas de ponta.

9 – Transformers (2007-presente) — US$ 5,29 bilhões

A franquia de filmes Transformers, baseada na icônica linha de brinquedos Hasbro, estourou nas telonas com seu primeiro filme, Transformers, dirigido por Michael Bay, em 2007. Este filme repleto de ação combinou efeitos visuais de ponta com um enredo emocionante, apresentando ao público a batalha entre os Autobots e os Decepticons.

O sucesso do filme abriu caminho para uma série de sequências, incluindo Transformers: A Vingança dos Caídos (2009), Transformers: Dark of the Moon (2011), Transformers: A Era da Extinção (2014) e Transformers: O Último Cavaleiro (2017). A franquia também se expandiu com o spin-off Bumblebee (2018), oferecendo uma nova perspectiva e toque nostálgico e o recém-lançado Transformers: Rise of the Beasts, baseado na subfranquia Beast Wars.

8 – Jurassic Park / Jurassic World (1993-presente) — US$ 6,08 bilhões

Jurassic Park Jurassic World

A franquia de filmes Jurassic Park/World, nascida do romance de Michael Crichton, começou com o inovador Jurassic Park, de Steven Spielberg, em 1993. O filme exibiu efeitos especiais revolucionários, dando vida a todos os tipos de dinossauros enquanto eles corriam soltos no parque homônimo. Seu sucesso levou às sequências The Lost World: Jurassic Park (1997) e Jurassic Park III (2001), mas nenhuma delas atingiu o patamar crítico ou comercial do original.

Em 2015, a franquia recebeu um reboot emocionante com Jurassic World, dirigido por Colin Trevorrow, ambientado na ilha original transformada em parque temático de dinossauros. Seu imenso sucesso impulsionou as sequências Jurassic World: Reino Caído (2018) e Jurassic World: Dominion (2022), que uniram personagens da trilogia original com a nova era.

7 – X-Men (2000-presente) — US$ 6,08 bilhões

Creditada por iniciar uma nova era para a Marvel e o gênero de super-heróis em geral, a franquia de filmes X-Men estreou com X-Men em 2000. Dirigido por Bryan Singer, o filme marcou o início de uma série de sucesso que explorou temas de preconceito e aceitação. A franquia se expandiu com sequências como X2: X-Men United (2003) e X-Men: The Last Stand (2006). Em 2011, Matthew Vaughn dirigiu X-Men: Primeira Classe, uma prequela que explora as origens do Professor X e de Magneto.

A franquia tomou um rumo mais sombrio com Logan (2017), oferecendo uma despedida comovente do Wolverine de Hugh Jackman. Outros filmes da série incluem os filmes prequel, X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014) e X-Men: Apocalipse (2016). Em seguida, a franquia passou por um soft reboot com X-Men: Fênix Negra (2019). Os filmes de grande sucesso de Deadpool estrelados por Ryan Rynolds, apesar de terem uma sensação de tom muito diferente do resto da franquia, ainda são considerados parte da franquia X-Men.

6 – Batman (1989-presente) — US$ 6,76 bilhões

Batman

O icônico super-herói da DC apareceu em dois filmes na década de 1940 e também em um em 1966. Para muitos de nós, porém, vamos nos lembrar dele chegando às telonas com Batman de Tim Burton em 1989, estrelado por Michael Keaton como o Cruzado Caped. Este lançamento bem-sucedido foi seguido pela sequência de Burton, Batman Returns. A franquia passou por uma mudança com a versão mais leve de Joel Schumacher no final dos anos 90, com Batman Para Sempre e Batman e Robin. Após um hiato, Christopher Nolan revitalizou a série com Batman Begins em 2005, continuando com O Cavaleiro das Trevas e O Cavaleiro das Trevas Ressurge. Estes filmes, com Christian Bale como Batman, receberam enorme aclamação da crítica.

Desde então, também vimos o legado do personagem continuar com Robert Pattinson vestindo a capa em The Batman, de Matt Reeves, lançado em 2022, oferecendo uma interpretação mais sombria e focada em detetives. Em outros lugares, os mundos de Lego e DC colidiram no aclamado filme Batman Lego e os espectadores foram brindados com um filme autônomo muito mais adulto e mais fundamentado na realidade com Coringa, que serve como uma história de fundo para o arqui-inimigo do Batman.

5 – Velozes e Furiosos (2001-presente) — US$ 7,47 bilhões

Comandada pelo carismático Vin Diesel como Dom Toretto, a franquia Velozes e Furiosos se tornou um fenômeno cultural em todo o mundo. Enquanto as primeiras entradas se concentraram mais no fascínio corajoso das corridas subterrâneas, culminando no explosivo Velozes e Furiosos em 2009, um pivô estratégico impulsionou a narrativa para assaltos de alto risco e espionagem.

Velozes e Furiosos 5 (2011) iniciou essa nova era quando uma nova lista variada de grandes nomes apareceu na franquia em alguma capacidade, incluindo Dwayne Johnson, Jason Momoa e Jason Statham. Avançando rapidamente para o presente, a franquia agora possui 10 filmes principais e o spin-off de 2019, Hobbs & Shaw.

4 – Os Vingadores (2012-presente) — US$ 7,77 bilhões

Os Vingadores

A franquia de filmes dos Vingadores viu a união dos maiores super-heróis da Marvel, incluindo Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Viúva Negra e Gavião Arqueiro, para a alegria de milhões de fãs em todo o mundo. Repletos de ação cheia de adrenalina, efeitos especiais de cair o queixo e humor afiado, esses filmes redefiniram o gênero de super-heróis.

Cada personagem traz seu A-game, criando uma equipe imparável com química que salta da tela. De lutar contra inimigos sinistros a enfrentar a ameaça ameaçadora da galáxia de Thanos, a franquia é um passeio emocionante que mistura espetáculo de cortar o coração com jornadas de personagens convincentes em seus quatro filmes (até agora), consistindo em Os Vingadores (2012), Era de Ultron (2015), Guerra Infinita (2018), Ultimato (2019).

3 – James Bond (1962-presente) — US$ 7,83 bilhões

O espião mais icônico do mundo, James Bond fez sua primeira aparição na tela com o lançamento de Dr. No em 1962. Ao longo dos anos, um total de 27 filmes oficiais de Bond foram produzidos, apresentando as missões ousadas do agente do MI6, comportamento suave e gadgets de alta tecnologia. Sean Connery, George Lazenby, Roger Moore, Timothy Dalton, Pierce Brosnan e Daniel Craig trouxeram seu talento único para o papel de James Bond.

Cada ator contribuiu para a evolução do personagem, mostrando diferentes aspectos da personalidade de Bond. Uma das razões para o sucesso da franquia está em sua capacidade de se adaptar aos novos tempos, mantendo a essência da criação original de Ian Fleming. Os fãs de Bond estão esperando ansiosamente para ver quem será anunciado para interpretar o agente do MI6 depois que Craig anunciou sua aposentadoria do papel.

2 – Homem-Aranha (2002-presente) — US$ 10,2 bilhões

Homem Aranha

Baseada no amado super-herói da Marvel, a franquia de filmes do Homem-Aranha conquistou o coração do público em todo o mundo com sua mistura única de ação, humor e narrativa atraente. Iniciada em 2002 com Homem-Aranha, dirigido por Sam Raimi e estrelado por Tobey Maguire, a franquia passou por várias iterações ao longo dos anos. As sequências subsequentes dirigidas por Raimi, Homem-Aranha 2 (2004) e Homem-Aranha 3 (2007), solidificaram ainda mais a presença cinematográfica do personagem.

Em 2012, o diretor Marc Webb trouxe uma nova perspectiva com O Espetacular Homem-Aranha, com Andrew Garfield como o estilingue da teia. A franquia tomou outro rumo em 2017, quando Tom Holland vestiu o icônico traje em Homem-Aranha: De Volta ao Lar, marcando a integração do personagem ao Universo Cinematográfico Marvel (MCU). Filmes subsequentes, Homem-Aranha: Longe de Casa (2019), Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa (2021) e as histórias animadas de Miles Morales, No Aranhaverso e Através do Aranhaverso, também foram grandes sucessos comerciais e de crítica.

1 – Star Wars — US$ 10,32 bilhões

Star Wars

A trilogia original de Star Wars, composta por Uma Nova Esperança (1977), O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi (1983), foi inovadora em seu tempo por revolucionar o gênero de ficção científica. O diretor George Lucas apresentou ao público uma galáxia imersiva muito, muito distante, utilizando efeitos especiais inovadores e uma narrativa convincente. O sucesso da trilogia não apenas redefiniu as possibilidades de narrativa cinematográfica, mas também estabeleceu um novo padrão para o uso de efeitos visuais no cinema.

Avançando rapidamente para os dias atuais, o universo de Star Wars se expandiu para uma vasta e substancial franquia de filmes. Com várias entradas, prequels, sequências e spin-offs, tornou-se um fenômeno cultural com uma base de fãs dedicada. O impacto da franquia vai além das telonas, influenciando diversas formas de mídia, mercadorias e até atrações de parques temáticos, solidificando seu lugar no panteão da cultura pop.

TAGGED:
Share This Article
Sair da versão mobile