Yes.no lança a primeira rede social de entrevistas abertas ao público em 11 idiomas


A empresa yes.no, com sede em Israel, anunciou hoje o lançamento de sua nova rede social de perguntas e respostas, a primeira plataforma a permitir entrevistas abertas ao público com figuras públicas e celebridades. CEO e um dos fundadores da empresa, Assaf Levy chega à yes.no com um histórico de saídas de sucesso, incluindo a abertura de capital de seu último empreendimento, a XLMedia, na bolsa de valores de Londres (LSE).

yes.no website screenshots (PRNewsFoto/yes.no)
yes.no website screenshots (PRNewsFoto/yes.no)

Ao contrário do que ocorre em outros sites ou fóruns de perguntas e respostas, as perguntas não são feitas à comunidade em geral, mas a usuários específicos, que podem escolher responder às perguntas de acordo com a popularidade. “As celebridades usam as mídias sociais o tempo todo para se envolver com os seus fãs, mas não há nenhuma plataforma existente baseada no conceito de responder a perguntas, permitindo interações significativas”, diz Levy. “O recurso de votos a favor do yes.no permite que os usuários apoiem as perguntas que querem que sejam respondidas, e isso nos ajuda a atrair celebridades e especialistas para que entrem no yes.no e participem. É uma entrevista aberta ao público – queremos que as pessoas sejam ouvidas.”

yesno

A visão da yes.no é fazer a ponte entre as celebridades e o público, entre especialistas e seus colegas, e entre pessoas e seus pares, permitindo assim experiências significativas e respeitosas de perguntas e respostas. O formato permite que os usuários conheçam mais uns aos outros ou saibam suas opiniões, e por essa razão os fundadores acreditam que uma parte significativa do valor da rede virá da participação de especialistas e figuras públicas.

A yes.no lança hoje o seu website em onze idiomas, incluindo português, inglês, espanhol, hebraico, alemão, francês, japonês, chinês e russo. Até o final do primeiro trimestre de 2016, a empresa planeja lançar o site e aplicações móveis em trinta línguas, levando o serviço a 40 países diferentes.

A yes.no foi fundada por Assaf Levy e Sella Rafaeli em maio de 2015. A visão deles é fazer a ponte entre celebridades e o público, entre especialistas e seus colegas, e entre pessoas e seus pares, permitindo assim experiências significativas e respeitosas de perguntas e respostas. A yes.no é a terceira startup do CEO Assaf, após ele abrir o capital da XLMedia na LSE. O CTO Sella veio da prestigiada unidade de inteligência militar 8200 via Fiverr. Os dois foram unidos pelo desejo comum de ajudar as pessoas a chegarem mais perto das pessoas que são importantes para elas.

yes.no team. In the photo (left to right): Sella Rafaeli, Dikla Sinai, Mia Rafalowicz-Campbell, Jonathan Doron, Assaf Levy, Shmuel Abuhav & Lenny the dog. Photo credit: Mindspace. (PRNewsFoto/yes.no)
yes.no team. In the photo (left to right): Sella Rafaeli, Dikla Sinai, Mia Rafalowicz-Campbell, Jonathan Doron, Assaf Levy, Shmuel Abuhav & Lenny the dog. Photo credit: Mindspace. (PRNewsFoto/yes.no)

http://yes.no/

 

Com informações de prnewswire

What's Your Reaction?
OMG OMG
0
OMG
LOL LOL
0
LOL
Cute Cute
0
Cute
Raiva Raiva
0
Raiva
Nerd Nerd
0
Nerd
Amei Amei
0
Amei
WTF WTF
0
WTF
Win Win
0
Win
Fail Fail
0
Fail

Deixe uma resposta

Yes.no lança a primeira rede social de entrevistas abertas ao público em 11 idiomas

log in

reset password

Back to
log in

Hey there!

Sign in

Forgot password?
Close
of

Processing files…